terça-feira, 2 de outubro de 2018

DICAS E CUIDADOS PARA AS ALTAS TEMPERATURAS!


Que calor, eim galerinha!!!

Nessa época do ano é comum cães e gatos terem alguns probleminhas como: infestação de parasitas, viroses, doenças de pele e algum mal-estar, devido às altas temperaturas.

A seguir, dicas simples de prevenção para você e seu pet terem uma primavera e um verão saudáveis:

🐾 Deixe água à vontade, sempre fresca e limpa. Se o veterinário liberar, coloque cubos de gelo (um por vez);

🐾 Consulte o veterinário sobre frutas, sucos e sorvetes (feitos para pets);

🐾 Na hora do passeio, evite períodos muito abafados e sol forte. Verifique com a mão ou com o pé se o chão está quente. Prefira andar nas sombras e leve água para hidratação;

🐾 Se forem viajar com você, muita atenção com areia, mar e piscinas. Fique de olho o tempo todo e mantenha-os sempre por perto;

🐾 Consulte o veterinário sobre produtos específicos para proteção contra o sol, especialmente em cães de pele e pelos claros;

🐾 Não deixe seu cão viajar ou passear com a carinha para fora da janela do carro. Essa prática é perigosa e prejudicial, pois causa danos aos olhos e ouvidos. Use sempre cinto de segurança ou caixa de transporte, mesmo em dias muito abafados. Manter o carro bem refrigerado, levar água e fazer paradas de alguns minutos evitam que seu pet passe mal.

🐾 Jamais deixe cães e gatos trancados no carro. Mesmo que seja por um breve período e que esteja com o ar condicionado ligado, pois a temperatura interna do carro, quando fechado, pode subir até 5ºC, em 15 minutos. Deixar frestinhas ou mesmo as janelas abertas, além de não melhorar em nada a sensação de calor, pode ser muito perigoso para o seu pet;


🐾 Escove com frequência a pelagem do seu pet;

🐾 Tapetes e esteiras gelados são uma ótima opção;

🐾 Em dias quentes, você pode molhar os coxins (almofadas) das patas e deixar um pano umedecido com água fria para os cães e gatos;

🐾 Verifique com o veterinário se você pode ligar o ventilador em dias muito quentes para refrescar seu pet;

🐾 Nessa época do ano infestações de ectoparasitas são muito comuns, por isso, consulte seu veterinário sobre a melhor prevenção (antipulgas e carrapatos);

🐾 Mantenha machucados e arranhões sempre limpos e tratados, para evitar infecções e bernes;

🐾 Fique de olho em caso de hipertermia (insolação)! O processo de refrigeração na manutenção da temperatura do corpo, faz com que cães respirem pela boca como se estivessem ofegantes. Já os gatos costumam deitar de barriga pra baixo em superfícies frias para conter o calor. Sempre observe se a gengiva e dentro das orelhas estão rosadas.

quarta-feira, 1 de agosto de 2018

Dicas e cuidados para o inverno!


Que frioooo, minha gente!!! Pensa que só os humanos sentem frio? Alguns cães e gatos também sentem.

Filhotes e idosos devem ter atenção dobrada nesta época do ano, já que a pelagem não é suficiente e a camada de gordura não tão espessaOs mais velhos costumam sofrer com artrose, sentir dores na coluna, nas articulações e os músculos ficam atrofiados (consulte o médico veterinário).

Por isso, preparamos dicas importantes, para que todos tenham um inverno bem quentinho e agradável:

🐾Ofereça abrigo protegido de vento, chuva e sereno;

🐾Evite que o colchão fique em contato com o chão frio (coloque um estrado embaixo ou pano grosso, por exemplo). Forre a casinha ou caminha com cobertas. Iglus são ótimos para proteger os gatos do frio;

🐾Nem todos os cães e, muito menos os gatos, necessitam de roupas. Alguns sentem mais frio, outros, a proteção da própria pelagem costuma ser suficiente. Observe seu animalzinho e consulte o veterinário, pois ao invés de ajuda-lo, você pode até prejudica-lo. Dependendo da necessidade, o uso de roupinhas pode manter o conforto térmico do seu animal, mas elas não devem ser apertadas ou restringir os movimentos. Além disso, muitas vezes é necessário fazer uma adaptação, para que o animal sinta-se confortável com a roupa;

🐾Evite deixar cães e gatos na chuva. Se seu cão precisa sair, providencie uma capinha de chuva e, após o passeio, enxugue-o muito bem;

🐾Evite deixar os gatinhos fora de casa à noite; 

🐾Estimule banhos de sol;

🐾No frio, cães e gatos tendem a procurar por lugares quentes, encolherem-se num canto e até tremerem. Para saber se o gato está com frio, veja se patinhas e as pontas das orelhas estão geladas;

🐾No inverno, banhos devem ser mais espaçados (consulte o veterinário);

🐾Diminua os banhos em casa ou dê na hora mais quente do dia e sempre com água morna;

🐾Em casa ou no pet shop, seque muito bem com toalha e secador, pois a umidade causa fungos, dermatites e problemas respiratórios;

🐾Proteja bem os ouvidos dos pets para evitar otite, principalmente durante e após o banho (seque com algodão, além da toalha);

🐾Em caso de pouca sujeira, opte pelo banho seco ou lenço umedecido;

🐾Mantenha as vacinas em dia, principalmente as que combatem gripe canina e felina. No inverno, a imunidade costuma baixar e o risco de doenças e patologias respiratórias aumentam.
-------------------------------------------------------------------
Curiosidade: Tanto a gripe canina (H3N8) como a gripe felina (Complexo Respiratório Viral Felino ou Rinotraqueíte Felina) não são transmitidas para humanos, somente entre as espécies. Da mesma forma, a gripe humana também não é transmitida para animais.

Ação social: Ajude a aquecer o inverno de cães e gatos! Doe mantas, casinhas, caminhas, roupinhas ou toalhas usadas. Clique aqui e saiba mais!
(foto: AliExpress.com)

sábado, 21 de julho de 2018

Dicas para acertar na escolha do adestrador!


Como escolher um adestrador qualificado para ensinar nossos cães e gatos, já que não é uma profissão regulamentada aqui no Brasil? 

Há excelentes profissionais na área e outros nem tão bons assim. Por isso, devemos escolher com cautela quem cuidará dos nossos amiguinhos.

Além disso, há os que ingressam no mercado de adestramento sem nenhum conhecimento ou estudo, o que, dependendo da atitude do "adestrador", poderá gerar traumas e causar danos irreversíveis no comportamento do seu cão ou gato.

Assim, para evitar que seu pet sofra com um treinamento baseado em punições e sem fundamentos, preparamos algumas dicas valiosas para você:

🐾Antes de tudo, peça recomendações de amigos e familiares;

🐾Verifique há quanto tempo o adestrador está na profissão;

🐾Peça referências;

🐾Pergunte sobre a formação específica do profissional (cursos, workshop, estágios, laboratórios etc.);

🐾Qual a metodologia de ensino utilizada;

🐾Se estudou ou trabalhou com treinadores renomados;

🐾Se fez cursos recentes de aperfeiçoamento e está familiarizado com técnicas modernas de treinamento;

🐾O que levou o treinador a escolher essa profissão;

Durante as aulas:
🐾Verifique se o adestrador parece paciente e disposto a tirar todas as suas dúvidas;

🐾Se pede sua participação nas aulas e se dá instruções para que você treine seu bichinho, sem a presença do educador;

🐾Se cumpre horários e compromissos, conforme acordados anteriormente;

🐾Se o profissional reconhece particularidades no temperamento do seu cachorro ou gato, para adaptar as técnicas de adestramento.

Lembre-se que é de extrema importância que você, ou alguém da família que tem contato com o peludinho, acompanhe as aulas. Será durante o treinamento que você aprenderá qual a melhor maneira de lidar com as particularidades do seu cão ou gato e receberá "lições de casa" para treinar com ele no dia-a-dia, o que será essencial para a evolução do aprendizado.



terça-feira, 19 de junho de 2018

COPA 2018: cuidados com seu pet na hora das comemorações!



Mais uma COPA DO MUNDO para comemorarmos com amigos, familiares e nossos cãezinhos e gatinhos!!

Só fiquem de olho nos pets para que não fujam no momento das comemorações dos gols do Brasil, ok?!

Vejam dicas simples e eficazes para que todos curtam essa festa com muita alegria e tranquilidade:

💚 Coloque no seu cão e gato coleiras e plaquinhas de identificação com nome e telefones de contato;
💚 Para os gatos, escolha uma coleira com fecho leve e de fácil abertura para evitar enforcamentos, caso fique presa em algum lugar; 
💚 Não deixe portões, portas e janelas abertas, sem supervisão, durante a recepção das visitas e comemorações nas ruas. Verifique se as telas das janelas estão bem fixas e em ordem; 
💚 Dentro de casa, mantenha os animaizinhos perto de você ou de algum membro da família;
💚 Na rua, mantenha cães nas guias.

Prepare seu cão e gato para os fogos de artifício:

💚 Passeie e brinque com seu cãozinho e gatinho durante o dia, para que fiquem cansados e, consequentemente, mais relaxados durante as celebrações; 
💚 Evite deixá-los sozinhos nesse momento; 
💚 Acomode-os num cômodo confortável e protegido do barulho e da claridade; 
💚 Coloque algodão parafinado nos ouvidos e retire logo que acabar o barulho; 
💚 Crie tocas com cobertores, deixe portas abertas de armários caixotes para se esconderem; 
💚 Deixe-os à vontade para se esconderem embaixo da cama ou em algum lugar que considerarem seguro – apenas retire do local objetos que possam machucá-los; 
💚 Se quiserem ver ou latir para os fogos, deixe-os à vontade. Apenas, mantenha-os seguros dentro de casa ou na coleira ao seu lado.


BOM JOGO!!!! 
VAI BRASIL!!!

Imagens: depositphotos